sábado, 18 de fevereiro de 2017

Aliados gigantes

Chanceleres chinês e russo se reúnem na Alemanha
2017-02-17 12:11:09portuguese.xinhuanet.com








O ministro chinês das Relações Exteriores Wang Yi (2° e) se reúne com seu homólogo russo Sergey Lavrov (2° d) durante a reunião dos ministros do Exterior do Grupo dos Vinte (G20) em Bonn, Alemanha, em 16 de fevereiro de 2017. (Xinhua/Luo Huanhuan)


Bonn, 17 fev (Xinhua) -- O ministro chinês das Relações Exteriores Wang Yi se reuniu com seu homólogo russo nesta quinta-feira, enfatizando a necessidade de ambas as nações continuar a desempenhar o papel de garantir a estabilidade estratégica nos assuntos globais.

Wang se reuniu com Sergey Lavrov no âmbito da reunião dos ministros do Exterior do Grupo dos Vinte (G20) realizada na cidade de Bonn, no oeste da Alemanha.

Sob o contexto de mudanças complexas na situação internacional e regional, China e Rússia, parceiros estratégicos abrangentes de coordenação, devem continuar a apoiar firmemente uma à outra, assinalou Wang.

Ambos os países devem continuar a aprofundar a cooperação abrangente e desempenhar o papel de garantir a estabilidade estratégica nos assuntos globais, adiantou.

Olhando para o futuro, a China está disposta a manter intercâmbios de alto nível com a Rússia, e fortalecer o alinhamento e a cooperação entre a Iniciativa Cinturão e Rota e o projeto da União Econômica Eurasiática, segundo Wang.

A China também está disposta a manter comunicação e coordenação estreitas com a Rússia nos principais assuntos internacionais e regionais, e desenvolver firmemente uma parceria estratégica abrangente de coordenação com a Rússia, para lidar juntas com os diversos desafios mundiais, indicou Wang.

Lavrov enfatizou que a Rússia trabalhará com a China para organizar as principais agendas bilaterais este ano, e promover a comunicação e cooperação estratégica nos assuntos mundiais.

Os dois mais altos diplomatas também trocaram opiniões sobre a cooperação bilateral sob os quadros do G20 e BRICS.

Ambos concordaram em aprofundar a comunicação e a coordenação entre as duas nações sob o quadro do G20.

Eles defenderam um mecanismo aberto e inclusivo sobre a economia mundial e comércio multilateral, concordaram em melhorar a governança mundial e facilitar o sucesso da Cúpula de Hamburgo do G20.

Wang e Lavrov elogiaram os resultados frutíferos durante os últimos dez anos de cooperação entre as nações do BRICS: Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

As duas nações concordaram em aprofundar a cooperação prática em diversas áreas e permitir que o mecanismo do BRICS desempenhe um papel mais importante no processo em direção a um mundo multipolar.

Wang e Lavrov também disseram querer resultados frutíferos da nona cúpula dos líderes do BRICS, que será realizada na cidade costeira de Xiamen, no sudeste da China, em setembro.

Sobre a situação na Península Coreana, eles concordaram em continuar a fortalecer a cooperação para manter a paz e a estabilidade na região, e fazer novos esforços para reiniciar as conversas.



2017-02-17 12:11:09portuguese.xinhuanet.com
O ministro chinês das Relações Exteriores Wang Yi (d) se reúne com seu homólogo russo Sergey Lavrov durante a reunião dos ministros do Exterior do Grupo dos Vinte (G20) em Bonn, Alemanha, em 16 de fevereiro de 2017. (Xinhua/Luo Huanhuan)